Prefeitura de São Paulo lança consulta pública sobre projetos que incluem concessão de três terminai

06/07/2017 - Segundo gestão Doria, custos para manter espaços são de R$ 200 milhões por ano

Fonte.: Diário do Transporte


Imagem

A Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento lançou consulta pública sobre os PIUs – Projetos de Intervenção Urbana dos terminais municipais de ônibus Capelinha, Campo Limpo e Princesa Isabel.

As sugestões poderão ser enviadas por meio do site da Gestão Urbana até o dia 24 de julho.

Os PIUs têm o objetivo de reorganizar as áreas urbanas que hoje são subutilizadas e têm potencial de transformação, inclusive melhorando o acesso ao transporte público, a circulação dos pedestres e também ampliando áreas verdes.

No plano da gestão Dória, a privatização desses três terminais é considerada prioritária.

Na apresentação da consulta pública, a prefeitura diz que hoje esses espaços custam R$ 200 milhões por ano.

A realização dos PIUs Terminal Capelinha, Terminal Campo Limpo e Terminal Princesa Isabel busca, dentre outros fatores, a melhoria da qualidade dos serviços do sistema municipal de transporte público, qualificando o conforto dos usuários e as condições operacionais nos terminais de ônibus operados pela São Paulo Transportes. Além disso, tem o objetivo de reduzir o custeio desses equipamentos, que hoje alcançam o valor de R$ 200 milhões, concedendo-os a agentes privados para operação e exploração econômica.

A concessão de todos os terminais de ônibus para a iniciativa privada está no plano de desestatização da Prefeitura de São Paulo. Ainda na área de transportes por ônibus, também esta no plano conceder à empresas particulares a operação e gestão do Bilhete Único.

No caso dos terminais de ônibus, o objetivo é tornar os espaços de interesse comercial e de prestação de serviços além dos transportes.

Assim deve haver postos no estilo Poupatempo, estabelecimentos comerciais e até mesmo creches, pela proposta de João Doria.